Maior Inimigo

Nota da autora: Depois de um bloqueio mental, um conto feito por mim. Hope you like. E obrigado por todos os que me seguem e por todos os comentários no meu perfil do Recanto das Letras. Todos os meus posts desse Tumblr (e outros que não são de terror) posto naquele site. Depois coloco o link no about me. Boa leitura.


Não adianta fugir, eu corro atrás de você. Você não pode me ver. Te persigo a cada passo que você dá. Estou dentro de você, fazendo-o sofrer. Esperneie, grite, corra, sei que não há ninguém por perto para te socorrer.

O que é você? Você não tem amigos. Você nunca amou. Você nunca deu motivos para te amarem. Você é ridículo. Você não serve para nada. Você falhou muitas vezes. Você é burro. Ninguém gosta de você. O mundo seria melhor se você estivesse morto.

Se mate, se mate, se mate… Olhe! Aquele whisky, eu sei onde tem uns remédios. Vamos, coragem. Isso, um gole do whisky. Agora põe o remédio em sua língua. Não. Pare de ser covarde, coloca essa porra logo! Não, não, eu disse. Você não é macho o suficiente. Jogou a pílula na privada e deu descarga. Idiota. Agora você continue com os seu sofrimentos.

Respire, querido, preciso de seu oxigênio. Veja, ali, a faca de pão, linda não? Eu também acho. Ela ficaria melhor nos seu pulso tirando sua vida. Veja, você será mais feliz assim, eu também. Vai, corta, corta. Isso, sinto a lâmina riscar sua pele. Vamos mais força, sei que você consegue. Vai, seu idiota, mais força, livre-se de todos seus pecados, vá para o céu, mas morra, morra, morra.

Lembre-se de quando você levou o fora daquela menina de quem você era apaixonado. Você lembra, eu sei, eu lembro. Você derramou todas as lágrimas que eu te dei, por aquela musa. Você acha que ela amaria um ser insignificante como você? Acorda. Disse pra você não seguir seu coração. Agora você vai morrer de depressão.

Não! Não largue a faca! Pare de correr! Volta lá! Você tem contas à acertar consigo mesmo. Você sabe disso. Seu covarde. Tem medo né? Medo da morte. Idiota. A morte é a sua salvação. E não ficar aí chorando no travesseiro. Borrando seu lápis preto. Ridículo. Você é muito ridículo. Tenha vergonha de si mesmo. Olhe a sua situação: trancado no quarto sozinho, chorando agarrado ao travesseiro, no escuro. Não seja patético.

Continue a sofrer. Lembre-se do bullying que você sofre na escola. Isso, chore. Eu sei seu ponto fraco. É só pensar naquele menino que te bate depois da aula todo dia, ninguém te ajuda. Ninguém te ama. Você vai morrer sozinho, ninguém vai te ajudar, nem mesmo seus pais. Seus pais. O que são eles, eles existem? Eles te odeiam. Sua mãe te disse que queria te abortar, só não abortou porque vocês são pobres, ela não tinha dinheiro suficiente para isso. Seu pai já esfaqueou sua mãe, e você já viu ela toda cortada, jorrando sangue. Ele estava bêbado. Ele sempre está bêbado. Ele não sabe nem o seu nome. Isso, chore, chore como uma menina, chore. Derrame suas lágrimas, já que não quer derramar seu sangue.

Eu sei onde seu pai esconde a arma dele, acho que ela está carregada. Vamos brincar de roleta-russa? Sei que morre de vontade de fazer isso. Vamos lá, isso levante-se, devote-se a mim. Eu mando em você. Sou sua mente, sua maior inimiga.

Luana Cristini

26 notes
tagged as: mentesanguemortearmaamorbullyingtextscontoscontos de terrortales

  1. exite-i reblogged this from myhorrortales
  2. notfound-victor reblogged this from myhorrortales
  3. warrior-from-the-south reblogged this from myhorrortales
  4. myhorrortales reblogged this from myhorrortales and added:
    Nota da autora: Reblogando… muitos seguidores novos não sabem que eu escrevo, gostaria que lessem. Para todos os novos...
  5. nothing-stays-the-same reblogged this from myhorrortales and added:
    PUTA QUE PARIU, ESSE TEXTO É A PERFEIÇÃO @@@@@@@@@@:
  6. me-sufocando reblogged this from myhorrortales
  7. noitesdeterror reblogged this from myhorrortales
  8. girlvillain666 reblogged this from myhorrortales